Para quem ama relacionamentos

relacionamentos

Rodrigo e Aline escolheram se abrir para o novo, souberam aproveitar a chance que o destino lhes apresentava. O acaso foi apenas um facilitador, já que os corações deles estavam mais do que preparados para receber esse sentimento. Na trajetória em busca do amor, eles se puseram na estrada, se abriram para o desconhecido e…

Lealdade é muito diferente de fidelidade. Ser leal é ir além de não enganar sexual ou emocionalmente o parceiro.  É ter compromisso, conexão, cuidado. É dar a sua palavra e mantê-la, independente das circunstâncias. Tem a ver com caráter, com escolha, com disposição. Em um relacionamento, confiamos na lealdade do outro. Dividimos angústias, intimidades, problemas.…

E é essa a palavra que define o relacionamento desse casal: leveza. Bruno e Vanessa, sabem que, para ser amor, precisa ser leve. Afinal, de fardos e problemas, a vida já está cheia. Não pode pesar, não deve tomar mais espaço do que deveria, não é preciso que tenha mais sofrimento do que sorrisos. Para…

Essa semana li um texto maravilhoso do Zack Magiezi, que dizia que o amor é como uma refeição. Ninguém oferece uma refeição a amigos, familiares, ou a quem quer que seja, sem antes prová-la. É preciso se certificar de que não está muito salgada, nem insossa demais. É preciso atestar os temperos, sentir o sabor…

Tolerância. É a palavra que melhor define o relacionamento desse casal. E, aqui, tolerância está longe do significado literal de suportar, de aguentar. Os verbos abranger, incluir e acolher se encaixam melhor para dar o sentido correto do que é a tolerância e de como ela pode definir a história de Bruno e Andrea. A…

Akai Ito. A lenda japonesa ilustra bem o que é o relacionamento do Ademar e da Bruna. Akai Ito é uma lenda que diz que quando a pessoa é destinada a outra, ambas têm um laço vermelho que as ligam, no dedo mindinho. O laço pode embaraçar, emaranhar, mas ele nunca quebra. Podem ter pessoas…

Se apaixona pelas suas cicatrizes e se reconhece nelas. Te admira ainda mais no dia em que você mesma está se odiando. Ouve as suas ideias mirabolantes e ajuda a dar vida a elas. Conversa com o garçom com atenção. Retribui, com carinho, o bom dia animado do porteiro. Fala a verdade, mesmo que ela…